Buscar
  • PIBSANTAMARIA

O BARRO E O OLEIRO

Jeremias profetizou numa etapa conturbada da história de Israel. Um tempo em que o povo estava desviado do Senhor, indo atrás de deuses falsos. A idolatria sempre anda acompanhada de corrupção moral, distorção doutrinária, indiferença religiosa, prostituição e toda a sorte de pecados que afastam o homem de Deus. Não devemos pensar que acontece diferente em nossos dias. O chamado de Deus a Jeremias para que descesse à casa do oleiro, tinha o efeito prático de mostrar como o Senhor restaura o povo desviado, o único requisito é se o vaso está ao alcance do oleiro (Jeremias 18. 1-6, v.4).

Certa história, conta que um homem estava voltando de viagem, quando decidiu parar em uma loja de vasos de barro à beira da estrada. Essa foi a primeira vez que ele entrou em uma olaria e viu de perto o trabalho de um oleiro, bem como o processo de formação de um vaso de barro, isso nos lembra da passagem de Jeremias. A maior obra que Deus está realizando não é por intermédio de você, mas por meio de seus dons, talentos e chamado. A maior obra que Deus está realizando é em você, moldando-o à imagem de Cristo, dia após dia. Mudança, transformação não é um processo rápido, nem fácil. Assim como o barro precisa ser limpo, amassado e aquecido no forno até que se torne um vaso pronto, nós também estamos sujeitos a um processo intenso de transformação. Não fuja desse processo. Não resista ao que Deus está fazendo em você. Uma vez, certo pastor disse: “Seu dom, seu talento e seu chamado irão levar você para um lugar onde seu caráter não será suficiente para sustentá-lo. Você precisa de um processo. E Deus ama tanto, que ele mesmo provê esse processo. E, nesse processo, ele revela suas fraquezas, não para o envergonhar, não para o destruir, mas para lhe mostrar onde você precisa mudar”. Que as bondosas mãos do oleiro estejam sempre sobre nós.

Deus abençoe!


13 visualizações

© Copyright 2016 - PIB em Santa Maria