Buscar
  • PIBSANTAMARIA

MISSIONÁRIO OU IMPOSTOR?

Quando Jesus comissionou seus discípulos, ele não restringiu a missão a alguns. É um erro achar que somente determinadas pessoas devem vivenciar missões. Decerto que, tendo recebido um chamado especial, alguns crentes se dedicam integralmente a pregar o evangelho e a cuidar da Igreja de Cristo, sendo estes pastores ou missionários em tempo integral. Mas temos que concordar com Charles Spurgeon, que afirmou corretamente: “Todo crente ou é um missionário ou é um impostor.”

Todo cristão é vocacionado, porque quem serve a Cristo recebeu a missão de compartilhar o evangelho. Essa foi uma ordem dada pelo próprio Jesus, e deve ser o propósito final de tudo o que fazemos. Todo crente deve ser sal e luz no seu trabalho, na vizinhança, na família e na igreja. Não se pode viver indiferente a essa missão. Deus também nos chama para tarefas específicas. Essa vocação individual tem a ver com os ministérios e os dons espirituais concedidos pelo Senhor; é o modo particular de cada um contribuir para a expansão do Reino. O cristão precisa frutificar, ou seja, contribuir para o crescimento da Igreja. Se a sua vocação não está entre as suas prioridades, você precisa avaliá-las e encontrar uma maneira de fazer parte do que Deus está fazendo no mundo.

Jesus enfatizava o discipulado e andar junto. Que possamos executar o que ele tem nos ordenado, sabendo que Ele estará conosco até o fim dos tempos. Que tenhamos em mente a importância do evangelismo, que seja nossa prioridade, vivamos uma vida diária com esse foco, aproveitando as oportunidades de transmitir o evangelho. Nossa próxima série será sobre discipular, formar novos líderes.


Deus abençoe!


12 visualizações

© Copyright 2016 - PIB em Santa Maria