Buscar
  • PIBSANTAMARIA

CONTENTAMENTO COMO ESTILO DE VIDA

A primeira carta de Paulo a Timóteo registra uma importante orientação que devemos ter em mente: o contentamento no viver. Contentar-se é estar satisfeito e grato a Deus pelo que se tem hoje, sabendo que o Senhor cuida dos seus filhos. Significa viver contente, mesmo em meio à ganância e à murmuração que há no mundo. Não merecíamos nada, mas através de Jesus temos tudo! Todos os dias são dias propícios em que devemos dizer "Obrigado Deus, obrigado Jesus"! Paulo também diz: “Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus” (1 Tessalonicenses 5:18).


Contentamento não é acomodação ou mediocridade. Contentamento é gratidão, é opção por uma vida mais leve e sábia. A Bíblia recomenda que vivamos de modo justo e piedoso, dando demonstração de fé, amor, perseverança e mansidão. Vivendo dessa maneira, não daremos lugar a reclamações.

O oposto de contentamento é murmuração, atitude que Deus abomina. Murmurar mata o bom ânimo e enche a alma de amargura. Deus rejeita o coração murmurador, mas recebe com alegria as preces de quem é grato. O apóstolo Paulo, que viveu a glória das riquezas e a vergonha da cadeia, aprendeu o segredo de estar contente em toda e qualquer situação: Cristo é quem nos fortalece (Fp 4. 12-13).


Não seja uma pessoa murmuradora. Enxergue a vida pelas lentes da gratidão e descubra novas cores! SEJA FELIZ HOJE, valorize o que você tem. Largue as pesadas bagagens da insatisfação. Pense em alguns motivos que você tem para ser grato a Deus e faça uma oração de gratidão apenas. Abrace o contentamento como estilo de vida e desfrute da alegria que Jesus oferece. Paulo em Filemom 1 fala muito da sua oração de graça, pela fé dos irmãos e ora pela comunhão. Que a primeira ação do seu dia seja uma oração de gratidão.


Deus Abençoe!


81 visualizações

© Copyright 2016 - PIB em Santa Maria